PAISAGEM

Plano Maestro de Espaço Pública Bucaramanga
1o Lugar na Convocatória Lali Buenas Prácticas 2019
Ambito Ciudad y Más Allá

Localização: Bucaramanga, Santander, Colômbia
Ano: 2018
Equipe: Universidad Pontifícia Bolivariana + Alcaldía de Bucaramanga; Director: Carlos Mario Rodriguez; Coordenação: Carlos Marín, Andrés Quintero e Lucas Bueno
Créditos: Equipe PMEPB
Publicação: Link 1
 

O Plano Maestro de Espaço Público de Bucaramanga (PMEPB) é um instrumento de planejamento inscrito no Plano de Ordenamento Territorial (POT) do município colombiano que insere o espaço público no centro do planejamento, orientando a consolidação de um sistema de espaço público articulado ao Sistema Natural e sua estrutura ecológica principal (Cerros Orientais, Escarpas Ocidentais, rede hídrica e seus principais rios e afluentes), e ao Sistema Construído, como as infraestruturas viárias, equipamentos, transporte público, ciclovias e calçadas, traçando propostas e estratégias que se articulam a paisagem em suas diferentes escalas e promovendo a redução do déficit qualitativo e quantitativo de espaços públicos, com base nas metas e objetivos traçados no POT e no Plano Nacional ‘Visión Colombia II Centenário’, de desenvolvimento das cidades colombianas.

O PMEPB 2017-2037, foi elaborado a partir de um Convênio de Associação entre a Universidad Pontificia Bolivariana e a Prefeitura de Bucaramanga, em 2017. Dirigido pelo Urbanista Colombiano Carlos Mario Rodriguez, o plano contou com equipe técnica multidisciplinar, composta pelas equipes físico-espacial, ambiental, paisagem, mobilidade, social, econômica, e foi desenvolvido em duas etapas, Diagnóstico, tratando de compreender o território e a paisagem em sua complexidade e a Formulação, apresentando soluções para sua execução em um horizonte de vinte anos.

MAPA DE DIAGNÓSTICO DA ÁREA URBANA

DADOS DIAGNÓSTICO ÁREA URBANA

GRÁFICOS DIAGNÓSTICO ÁREA URBANA

COMUNA 1
DIAGNÓSTICO FÍSICO-ESPACIAL

DADOS DIAGNÓSTICO FÍSICO-ESPACIAL

     GRÁFICOS DIAGNÓSTICO FÍSICO-ESPACIAL

O Plano posta na redução da brecha social dos setores periféricos da cidade, ampliando o direito à cidade, o acesso e a oferta de espaços públicos de diferentes tipologias a todos os habitantes, a partir de políticas e projetos de geração e manutenção de Parques, Praças, Zonas Esportivas, Zonas Verdes, Calçadas, Ciclovias, promovendo melhorias de diferentes tipos e escalas.

PROJETO PARQUE LINEAR RIO DEL ORO

PROJETO DE BORDA PERIURBANA

PROJETO CENTRO TRADICIONAL 

PROJETO SETOR LA ESPERANZA

O Plano posta na redução da brecha social dos setores periféricos da cidade, ampliando o direito à cidade, o acesso e a oferta de espaços públicos de diferentes tipologias a todos os habitantes, a partir de políticas e projetos de geração e manutenção de Parques, Praças, Zonas Esportivas, Zonas Verdes, Calçadas, Ciclovias, promovendo melhorias de diferentes tipos e escalas.

Orienta ainda, propostas destinadas a prevenção de conflitos associados aos espaços públicos, bem como a melhoria dos elementos complementares do espaço público, como iluminação pública, arborização, mobiliário urbano, acessibilidade, consolidando estratégias integrais para a qualidade do espaço público da cidade.