ARQUITETURA

Fazenda Cubo / 2019

Localização: São Paulo, SP, Brasil
Ano: 2019
Área (m2): 90
Equipe: Julia Reis, Lucas Bueno
Fotografias: Julia Novoa
Outros: Engenharia: Embrac
Publicações: Link 1 Link 2 Link 3
 

A agricultura industrial foi desenvolvida para produzir grandes volumes de alimentos para uma população em rápida expansão, mas com a degradação do solo, o desperdício de água e as doenças das plantas em alta, estamos prontos para dar o próximo passo na melhoria dos sistemas alimentares do planeta. Neste projeto o Estudio Lava colaborou com a Fazenda Cube na reforma de um galpão localizado no bairro de Pinheiros, colocando a arquitetura como suporte para um sistema modelo de cultivo materializado pela primeira vez no Brasil.

Com o uso de vidro e policarbonato na construção da Câmara de Crescimento criamos uma caixa permeável e iluminada, que se abre para a rua, criando um diálogo com os pedestres que passam por ela.

A partir da implantação de uma Fazenda Urbana Vertical em São Paulo, a proposta alimenta o debate sobre as relações entre as áreas urbanas e rurais, estabelecendo ligações entre as diferentes escalas impactadas: a criação de um pólo produtivo no ambiente urbano pode resignificar os territórios alimentares?

A reforma do galpão tinha o desafio de abrigar em 90 m² a maior quantidade possível de estantes de cultivo hidropônico de hortaliças da Fazenda Cubo em um sistema indoor com luz artificial.

São ao todo 7 estantes de mais de 2,5m de altura, com capacidade de produção de até 2500 pés de hortaliças ao mesmo tempo, o equivalente a uma área produtiva de 1,5 hectares em modelos convencionais.

Os cultivos urbanos indoor somam-se às ações de agricultura urbana que já são uma realidade na capital paulista, e que permitem imaginar alternativas, que promovam a redução de nossa pegada ecológica e a estruturação de um sistema alimentar em continuidade com o espaço urbano da cidade estabelecendo maiores vínculos entre o cidadão urbano e a produção de seus alimentos.